domingo, 12 de dezembro de 2010

Anónimos de todo o mundo, desuni-vos! [by Teresa]

Anónimos, anónimas e gente envergonhada, eu percebo que não queiram pôr o vosso nomezinho que tantos predicados tem nas caixas de comentários de um blog tão rasca como este mas isto de começarem a atirar bocas sem deixarem um pintelhozinho que vos marque é remédio certo para que qualquer cêéssei dê baixa médica assim de repente tal qual um controlador espanhol. Ora vejam lá, se só temos anónimos como é que se sabe a que anónimo se responde? Eu sou gaija dada a poucas trabalheiras e falta-me o fôlego para me pôr a contar o anónimo1, o anónimo2 e por aí fora e portantos embaralho-me toda e lá fica por fazer aquela conversinha que ia ser tão agradável para ambas as duas partes. Querem mandar uns bitaites mas sair e entrar sem deixar o cartãozito? Muito bem, sabem aquela caixinha onde escrevem as bostas, perdão, as sábias palavras que vos vêm à cabeça? Ora atentem bem, há lá um sítio para escrever o nome. NOME! O vosso não serve? E que tal Maria dos Gambuzinos, La Vache qui Ri, Vou ali e Já Venho, Hermengarda e Ermenegíldo,  A Gaja que Não quer ser Gaja Mas Que Está Quase a Ir às Trombas dessa tal de Wandonna, A Boazona que Não Dá uma Para a Caixa Mas Quer Comer o Da Ega...
Senhoras, senhores, público em geral, eu, uma modesta comentadeira desta casa, ficaria bastante, muito, enormemente agradecida, se puxassem pelas vossas cabecinhas loiras, desculpem, pelas vossas cabecinhas espertas, e escrevessem qualquer coisita mais para além do comentário rasca.
Agradecida!


By Teresa

38 comentários:

Anónimo disse...

Esta Teresa é uma chatinha... a menina não sabe mas também lhe explico... quando clica-se no anónimo... imagine-se não dá pra colocar nada de nada...
mas vá eu assino
Teresa

Anónimo disse...

Tem razão esta Teresa. Ainda há bocado deixei comentário e assinei. Sou o Pilha-gado e moro na Serafina. Tenho uma árvore de Natal e até um presépio iluminado.

Ass: Pilha-gado

Tenho para mim que só lá vai com desenho, Teresa disse...

Queres a caixa de lápis de cor do Picolé?

Teresa que pode ser chatinha mas que tem pouca paciência para gente burra disse...

Eu passo a explicar, que muita paciência tenho de ter para estes meninos e meninas um bocadito curtos de....imaginação. 'Atão fazem assim, escrevem o que vos der na mona e depois NÃO escolhem anónimo mas escrevem um nome, um nomezinho qualquer, na caixinha que diz Nome. Deixam a URL - um dia explico o que isto é... - em branco e fazem clique (querem com K? Fazem click. Prontos, deixaram de ser anónimos! Boa?

It´s me (again), Leclerc disse...

Esqueci-me de pôr a cruzinha que me descansa portanto ó p'ra mim aqui outra vez.

J. da Ega disse...

Teresa (anónima).

"Quando clica-se..."

Escreve muitíssimo bem...

Quse tia p'eferida do picolé disse...

Só tu para me perceberes, anda a caixa...

Priberam Fatela disse...

Faltaram-me letras... acrescentem lá um "a" e um "m". Se não conseguirem perceber onde a caixa de lápis do picolé continua à disposição.

Acho que isto nem com o Degas lá ia disse...

Experimenta fazer agora mas ponto a ponto. Tipo:

1. Liga-se o cérebro.
2. Liga-se o computador.
(a ordem é, neste caso, facultativa)

And so on...

Iceberg disse...

Estes miúdos estão uns malucos. Sem moderação e com anónimos à solta...

Isto é que vai ser...

Teresa disse...

Ó aprendiz de Giotto, estás a falar comigo??

Aprendiz de Carandash disse...

Havia de ser para quem?
Só cá estamos nós, mesmo.

Teresa disse...

Cara de quê??? Ó Picasso da Reboleira pagas um copo ou vais continuar aqui na tasca sem acertar uma?

Doidinha por acender um fósforo disse...

Os putos estão a ver se pegam fogo ao circo...

Tenho aqui um bidão de gasolina disse...

E achas que têm extintores à mão?

Sai uma ginginha disse...

Reboleira, não. Lapa. Está a dar é Lapa.

vou ali atestar o carro que esta merda vai subir não tarda... disse...

Um bidão de gasolina?? Ai porra porra, fizeste alguma e já estás a açambarcar...

Vou buscar um café à bomba disse...

Lapa? Ora bolas, eu assim como assim prefiro a Ajuda...

Não fiz mas estou pra fazer disse...

Eu???? Achas que eu era capaz de fazer alguma coisa desse calibre???

Eu???

Pergunta ao Zé se ele acha que eu sou capaz de fazer alguma coisa que possa prejudicar alguém. Pergunta!!

É pra Bica fáxavor disse...

Tu gostas de viver perigosamente.
Gostas, gostas...

Queres música, queres queres... disse...

Tu não me atentes que não são horas de fazer essas perguntas mas, se fossem, sei bem o que ele diria...

J. da Ega disse...

Diria o quê?

Ai cristo tu não venhas ver isto... disse...

gosto, pois gosto, e também gosto da Bica que eu cá sou mulher do povo...

Já que estás numa de emails disse...

Não percebo essa das horas. Ainda há pouco houve Zés a mandar-te mails e tu a responder... Traidora...

O senhor está a falar para ti disse...

Sim, diria o quê?

Palavra do senhor disse...

Senhor, perdoai-lhe que ela não sabe o que faz...
(mas pelo sim pelo não vou aumentar aquela coisa para ela ver como quem as faz paga-a)

Palavra do Senhor? disse...

Eu gostava mais de saber os pensamentos e omissões que os actos e as palavras...

Ai cala-te boca disse...

As omissões??? E começo por onde?

Anónimo disse...

Boring

Teresa disse...

Anónimo, divirta-se
http://diarioeconomico.com/

Anónimo disse...

De facto, a Teresa é uma chatinha. Nem consegui ler o que escreveu. Para além disto, é uma chatice quando abrimos as caixas de comentários e só está lá ela e a outra. Haja paciência!

Depois, nunca compreendi o problema com os anónimos. Não gostam? Tudo bem, não comam. Ou seja, se não gostam dos anónimos nunca devem ser anónimos, coloquem sempre o vosso nomezito. Quem não se importa com esses detalhes, fica anónimo. Qual é o problema? Nenhum. É só gente que gosta de inventar, que vê coisas onde elas não existem.

Teresa disse...

Riquezinha de minh'alma, as caixas de comentários estão lá para quem quer usar ou acha que vamos, eu e a outra, pedir-lhe licença para armar forró onde bem nos apetecer? Não gosta? Siga o seu próprio conselho e não coma. Quer ver mais gente por aqui? Apareça. O pior, o piorzinho, é que vai ser só mais um anónimo no meio dos outros.

Anónimo disse...

Eu estou a espera que a Teresa me dê informações mais concretas sobre quem é... porque Teresa pra mim és anónima.
fico a espero... vá despache-se

Teresa disse...

Ora, lá vamos nós outra vez...
Cara(o) anónima(o), eu tenho um nome e um login que é único, distingue-me entre os milhares de milhões que usam a internet. Com este nome e este perfil existo eu e mais ninguém, sou identificável entre todos os outros. Não me parece, portanto, que seja anónima. Posso imaginar que gostaria de saber mais coisas sobre mim, até eu, confesso, mas diga-me, até onde vai a sua curiosidade? Quer nome, morada, número de BI, NIF, número de segurança social, estado civil, número de filhos, profissão, idade, orientação política, sexual, religiosa, clube de futebol, freguesia de nascimento, cariótipo, grupo sanguíneo, alergias, cartão de vacinas, cor dos olhos, vá, diga lá exactamente o que pretende e quando deixaria eu de ser anónima para si.
A si, acredite, não preciso de pedir qualquer identificação porque já está, para mim, identificado o suficiente - é completamente idiota e isso chega-me para lhe traçar o retrato e saber que sou uma privilegiada por não saber mais.
Precisa de mais explicações? Um desenho, talvez?

Anónimo disse...

sim Teresa por favor um desenho

Teresa disse...

Muito bem, talvez assim perceba
http://www.nataliedee.com/120610/dont-even-tell-me.jpg

Iceberg disse...

(psstt, psstt, anónimo, eu sei tudo da gaija. Por uma quantia simbólica, tenho a certeza que podemos chegar a um entendimento...)

Teresa disse...

(se dividirmos os lucros até eu bufo umas coisas...)