sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

“É bom que te cales!”

Ui, que há por aí alguém muito irritado.

“É bom que te cales. É tão fácil dizer mal dos outros, não é? Daqueles que realmente se expõem e partilham ideias. Ou essa merda pára ou  alguém o fará!”

Recebido ontem no meu email.
Agora, se me dão licença, vou fazer as valises que isto começa a ficar perigoso!

18 comentários:

Teresa disse...

E disseram-te isso em português ou em espanhol?
Pronto, seja como for só tens de te começar a preocupar se te aparecer uma cabeça de cavalo na cama...

J. da Ega disse...

Foi em português.

Tenho de ir, que ainda tenho a mala a meio.

Teresa disse...

A mala é de cartão?

J. da Ega disse...

Qual é o seu palpite?

Teresa disse...

Para a mala? Eu acho que é uma mala-pata qualquer.

Teresa disse...

Há uma coisinha que não percebo no telegrama, desculpa, no email, que recebeste. Podias fazer-me o favor de pedir que se expliquem melhor? É que é referido nele "aqueles que se expõem" e uma rápida consulta ao Priberam, como o Priberam é útil, diz-nos que "expor", tem os seguintes significados

expor (eis...ô) - Conjugar
(latim expono, -ere)
v. tr.
1. Pôr à vista.
2. Manifestar, patentear.
3. Narrar.
4. Revelar.
5. Explicar.
6. Apresentar em exposição.
7. Fazer correr a alguém o risco de.
8. Sujeitar.
9. Abandonar (recém-nascidos).

v. pron.

10. Pôr à vista de todos.
11. Mostrar-se.
12. Descobrir-se.
13. Sujeitar-se; arriscar-se.

Basta atentarmos nos pontos 7, 8 e mesmo no 13 para percebermos que quem se expõe deve saber que corre riscos, ou não é assim?

J. da Ega disse...

J. da Ega e "qualquer", são incompatíveis.

Exactamente! E viva o Priberam.

Teresa disse...

Peço desculpa pelo tuteanço. Foi a excitação do correr da pena.

Iceberg disse...

Pois está claro... Ontem alguém diz que ele é o homem que vai fazer de mim uma mulher séria, hoje ele faz a malinha para se pôr ao fresco.
Um clássico... The story of my life...

J. da Ega disse...

Tenho de pensar na minha integridade física. Já que a moral está um primor!

Teresa disse...

Bom dia, Ice!

(o senhor tem de ir para casa, tens de perceber...)

J. da Ega disse...

Quem falou em casa?

Teresa disse...

Ega homeless... Precisa de uma manta ou uma sopita quente?

Iceberg disse...

E a mala é LV, claro!

J. da Ega disse...

Enquanto tivermos Paris e um bom ***** hotel (ler esta parte com british accent), estarei sempre em casa.

J. da Ega disse...

Nada de LV, que tanto logotipo junto deixa-me tonto.

Eu sou mais DG ou GA.

Isilda disse...

O mail deve ser de alguém invejoso.
Ega cuidado com os feitiços que possam ser lançados contra ti!
Hoje em dia tudo é possível,até entre desconhecidos.

Teresa disse...

Isilda, eu acho muito mal que apareça aqui assim. Aliás, acho tão mal que até eu estou pronta para nunca mais voltar a pôr cá os pés. (Pelo menos como Teresa. Maria Eduarda já é outra história.)
Ó Isilda, não vê que este é um blog clássico? Não vê que Isilda não dá com nada? Não vê que se se chamasse Isolda seria muito melhor recebida?