quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

J. da Ega responde a Iceberg

Esta imagem poderia ser o único conteúdo deste post.

Como dizia alguém numa caixa de comentários deste blog, “J. da Ega é bicho escorregadio”.
Mas deixem-me acrescentar que J. da Ega é um tipo hobbesiano. Como tal e, como já tinha dito antes, “não dá ponto sem nó!”
Caríssima Iceberg, viu como foi relativamente fácil levá-la a escrever mais um postezinho. Posto isto, espero não a espantar desta delicatessen, onde gosto tanto de a ter.
Mas avancemos, que a nossa vida não é isto. Seguem-se as respostas, relativas a este escrito.
1.   Se o Pipoco está farto, que vá à vidinha dele. Embora eu ache mal, pois a sillysfera ficará bem mais pobre. Já J. da Ega gosta muito desta vida. Diverte-me.
2.   Mas onde é que está a dúvida?! J. da Ega não gosta de circo. Como tal, a blogosfera rosa cueca é um belíssimo substituto.
3.   Quer saber mais? Puxe o lustro à bola de cristal!
4.   Já disse o que tinha a dizer.
5.   Já disse o que tinha a dizer.
6.   Atente na imagem ilustrativa do post.
7.   Eu? Vá você! O post é da sua autoria. Quanto a desafios inteligentes, venham eles. Só é pena que sejam tão escassos.
8.   Mais uma vez, quer saber demais…
9.   Não percebe? Vá Iceberg, não me desiluda. Julgava-a mais astuta.
10. Qual é o seu? Valerá a pena esperar pela época de saldos? Está quase aí.
11. Fê-lo recentemente. Wandona, aquela doida. [Não rima, mas a única palavra que encontrei que rimasse com dona não era muito do âmbito deste blog. Mais de outro].
12. Não me diga que também vai criar uma página Web onde vai divulgar documentos secretos a nosso respeito…

“(…) eu interrogo-me se serei só eu a encontrar estas semelhanças (e outras que não são para aqui chamadas, neste momento)”. Iceberg, chame-as. Vamos lá a isso!
Agora vou eu tirar a minha bola de cristal do fundo do baú. Já estou a ver a resposta da Iceberg:
 - Ai, Ega, que tédio. Que fraquinho and so on.
Mas, caríssima Iceberg, em quem deposito tanta estima. Temos de ir com calma. Não quer esgotar já os conteúdos pois não? Depois onde é que ia passar as suas noites? Numa caixa de comentários alheia? Não se meta nisso.

102 comentários:

Iceberg disse...

Nota prévia: Meu querido J. da Ega, se queria tanto que eu escrevesse mais um post, bastava-lhe pedir. Toda gente sabe que eu não sou de me fazer rogada. Mas admiro o esforço e até vou fingir que foi um ardil muito brm urdido e que o J. é que me levou a escrever o 2º post. Eu nem queria, nem nada. (ler isto imaginando os olhitos da Betty Boop a pestanejar carregadinhos de lágrimas prontinhas a cair)

Iceberg disse...

Para que eu possa comentar este post condignamente, terá que rever os pontos 6, 7 e 8 que estão todos trocados. É que excesso de vaidade, não é desafio.

E esta até é de borla. Quanto ao meu preço, não se meta nisso, homem...

Ide lá rever isso e depois já lhe dou toda a atenção que merece.

Teresa disse...

(J. da Ega, o ponto mais difícil, e também o mais delicado, é o que é dado sem nó. Um dia, e se eu tiver paciência, ensino-lhe como se faz.)

J. da Ega disse...

Trocado estava o 6 e 0 7. Não o 8.
Correcção efectuada.

Iceberg disse...

8. O Pipoco e o J. da Ega lêem muito e vêem muitos filmes e isso faz com que saibam mais coisas do que muitas outras pessoas. Quando consideram que estão no meio de uma foleirice pegada, mostram essa sabedoria para se lembrarem de todas as coisas mais que eles conhecem e pensam mas que não partilham nestes cantinhos.

8. Mais uma vez, quer saber demais…

De facto, devo ser muito burra. É que não percebo mesmo. Chamo-lhes cultos e ele acha que eu quero saber demais???

J. da Ega disse...

"todas as coisas mais que eles conhecem e pensam mas que não partilham nestes cantinhos."

Pois, não partilho. Logo, não queira saber demais.

Iceberg disse...

Ahhhh... Acha mesmo que era curiosidade? Tá bem... Vou então tratar de si, salvo seja.

J. da Ega disse...

A Iceberg não é um bicho curioso?

Iceberg disse...

Sou, J. Mas também sei bem que há perguntas às quais nunca me irá dar a resposta. Portanto, poupo-me a esses trabalhos e poupo-o a si ter que se esquivar.

J. da Ega disse...

Nunca é um termo muito definitivo.

Iceberg disse...

Está-me a dar esperança, da Ega? Nunca iluda uma mulher. É perigoso.

J. da Ega disse...

Não sei se reparou, mas dei-lhe um bombom bem docinho neste post.

Iceberg disse...

Bombom? Olhe que me passou despercebido...

Teresa disse...

(uma gaija não pode ir fazer uma canja que os miúdos armam logo uma caldeirada...)

Iceberg disse...

(ciumenta)

Teresa disse...

(andam a dar bombons por aqui???)

Teresa disse...

(ó Ice, eu acho que tu não tens toda a razão mas acertaste quase quase - J. não é parecido com Pipoco mas J. é tal qual o paizinho de Pipoco.... escarrapachadinho...)

Iceberg disse...

(tu não me fales do pai do outro que sabes bem que tenho aquele fetiche... Se começo a imaginar J. nesse papel ainda começa a haver a tal tensão estranha!)

Teresa disse...

(pois eu tenho um fetiche, como te lembras bem, por avô de Pipoco... esse é que era homem para me levar sei lá onde que de altar sou arredia)

Teresa disse...

E agora vou voltar para a minha canjinha que já se viu que da Ega não é gajo para se aguentar com duas ao mesmo tempo...

Iceberg disse...

Tu pra espantar gaijos, estás para as curvas!

Iceberg disse...

Ó da Ega... Explique-me lá isso do bombom... Pleeeeeeeease...

Teresa disse...

Eu???!!! Tu, que deste cabo de Deus e o espantaste sabe-se lá para onde, tens cá uma lata....

Iceberg disse...

Deus não é gaijo. É uma coisa assim mais elevada... Mais... Mais... Mais...

Teresa disse...

Mais...mais....mais????? Toda a gente sabe que Deus é pequenito portanto Deus só pode ser menos....menos....menos.....

J. da Ega disse...

Sim, um bombom. Só para mentes curiosas e astutas.

Será que algum dos(as) leitores (as) se enquadra nesta descrição?

Teresa disse...

J. da Ega, o menino está a sair da casca, está está...
(o único bombom que poderá haver por ali já está passado, não é fresco como se requer que um bombom seja... o da Ega anda-se a repetir e eu já lhe disse que as minhas reacções quando me tentam pôr uma cenoura na ponta do nariz são imprevisíveis))

J. da Ega disse...

"anda-se a repetir". Ui, a gramática!

Engana-se. Fresquinho, fresquinho. Digo-lhe mais. O bombom é especialmente dirigido a si.

Teresa disse...

J. da Ega, eu vi o erro mas já ia no ar... De qualquer forma gosto de saber que está atento.

(eu sei que me era dirigido e topei o bombom mas digamos que acrescenta pouco ao que já tinha...)

J. da Ega disse...

Ai sim?

Se pensa assim, é porque provavelmente não o viu.

Iceberg disse...

(Ele atira bombons à outra e está à espera que eu os apanhe? Deixa-me lá voltar para donde vim que estes senhores estão a brincar aos códigos secretos e esta conversa - e pelos vistos, a resposta também - não deve ser para mim.)

lampâda mervelha disse...

Eu se comesse pipocas enquanto vos leio, já me tinha rebentado uma veia.

Iceberg disse...

(Respondo? Não respondo? Respondo? Não respondo?)

Teresa disse...

J. da Ega, se este era de caramelo não o vi porque o único que me chegou tinha um ligeiro sabor a abóbora.

J. da Ega disse...

Abóbora. Sempre a abóbora...

Teresa disse...

Ó da Ega, quando quero desafios jogo Carcassonne. Não vi porra de bombom mais nenhum mas se quer dizer que o bombom para mim, ou bombons, foi ter-me citado esqueça lá que isso já não me é doce, estou habituadíssima a que o façam...

J. da Ega disse...

Once upon a time there were blogs. Some of one kind. Others of another.

Teresa disse...

Estamos portanto os dois a falar do mesmo...

Iceberg disse...

(dão os senhores bombons a quem não percebe nada de chocolates. Tipo Godiva e assim...)

J. da Ega disse...

Parece-me que não estaremos em sintonia...

Teresa disse...

Pois em sintonia não estou, falta-me a frequência da outra estação.

J. da Ega disse...

Enough of candy for now.

Iceberg disse...

(Pois, chega para uns. Outros há que não trincaram nada...)

Teresa disse...

Da Ega, está na sua casa, pode meter o rabinho entre as pernas quando quiser mas fique sabendo que não gosto nada quando me tentam engrominar... afinal o bombom era o mesmo que já tinha comido antes.

Iceberg disse...

(Ó Wanda, anda cá ver isto, filha. Afinal, é a outra que anda a comer o bombom do da Ega!!!)

Teresa disse...

(Ice, eu quase acredito que o bombom é dos dois)

Iceberg disse...

(Vês, vês, Wandona? Até já consideram o bombom como bem comum. Tristeza... Olha o que te digo, se precisares de um ombro, tu conta comigo! Estas gajas são umas traidoras, pá... Duas caras... Víboras...)

J. da Ega disse...

Teresa,

Já está com um discurso mais azedo. Não a fazia tão pouco tolerante à frustração.
Se você, não tem um paladar apurado, o que quer que lhe faça?

Iceberg disse...

[Agora é que é, Wanda, as comadres começam a zangar-se... O nosso dia está a chegar! (riso malévolo) E as verdades... Essas hão-de vir ao de cima! (aprendi esta técnica de vários parentesis dentros uns dos outros com um grande pensador do nosso tempo. É giro, n'é, Wandona, amiga)]

Teresa disse...

(bem, devo ter mesmo mau feitio...)

J. da Ega, explique-me lá porque raio acha que eu fiquei frustrada e que foi que me levou a tal sentir porque eu, francamente, não dei por nada.
Quanto ao paladar podemos fazer uma prova gourmet, se quiser.

J. da Ega disse...

Já me anda a acusar de colocar o rabinho entre as pernas...

Teresa disse...

(agora sim, o bombom foi recebido e devidamente apreciado. Obrigada, João. Fiquei cliente do doce)

J. da Ega disse...

Teresa,

Eu ajudo, que J. da Ega é ele próprio, um bombom de tão docinho.


A Teresa não disse em tempos que gostaria de saber quais as minhas outras lides blogosféricas? Pois então, o bombom enviado sabe a isso.

J. da Ega disse...

Teresa, falo-lhe em pernas, em rabinho e fica logo satisfeita! :)

Teresa disse...

J., o meu último comentário era exactamente sobre isso e agradecia e tudo...

J. da Ega disse...

Qual foi o click?

Teresa disse...

J., o que lhe agradeci foi o bombom que só agora recebi na sua plenitude. Se a conversa passar a ser sobre pernas e rabinho só agradeço se vir primeiro porque eu sou como o São Tomé.

J. da Ega disse...

Refiro-me ao click para perceber o bombom. Será que percebeu?

Teresa disse...

J., um click é um click, não tem causa nem explicação... (or not...)

J. da Ega disse...

Continuo na dúvida... E ajudou?

Iceberg disse...

(Oh Wanda, isto é como as telenovelas. A malta pode perder 50 episódios que quando volta a ver continua tudo na mesma...)

Iceberg disse...

(Estou-me a sentir como se tivesse um amiguinho imaginário. Mas isto afinal é giro. Os loucos não estão errados; estão é a divertir-se!!!! Yupiiiii...)

Teresa disse...

J., se ajudou não sei, pelo menos bloqueou-me isto tudo, mas estou a seguir o caminho das pedras apesar de, neste caso, ser mais apropriado falar no caminho das migalhas.

J. da Ega disse...

Teresa,

Não seja mal agradecida!

Teresa disse...

Da Ega, não seja garganeiro.

J. da Ega disse...

Já está outra vez azeda. Isto é a blogosfera rosa cueca. Tem de ser mais fofinha!

Teresa disse...

Ó da Ega, agora é que não tem sorte nenhuma. Fo quê?????

J. da Ega disse...

F-o-f-i-n-h-a!

Teresa disse...

´Fofinha.... O da Ega é muito temerário, é, é...

Iceberg disse...

(Arre que estes gaijos estão uma seca do caraças)

Iceberg disse...

Para isto mais valia estarem a ver o sporting.

Está quanto mesmo?

J. da Ega disse...

1-0

Teresa disse...

A culpa é do outro que se põe para aqui a chamar-me nomes.

Teresa disse...

E dois amarelos para o Sporting...

J. da Ega disse...

Eu?

Falei apenas de estilos de comportamento.

Iceberg disse...

O homem é multitasking!!!!

I bow before you...

Teresa disse...

(da Ega a ver o Sporting com um olho aqui vê-se logo que o verde não vai com a sua cor de pele. por acaso eu apostaria mais no azul do antes quebrar que torcer no ganhar e no perder)

Iceberg disse...

Também estás a ver o jogo, Maria Teresa?

Mas isto é tudo lagartos?

J. da Ega disse...

One day you'll kneel!

Iceberg disse...

My love, not even in your wildest dreams. But keep on hoping... Wishing... Praying...

J. da Ega disse...

Who knows...

Iceberg disse...

My dear, kneeling is an activity that I only engage in certain specific situations. I have a feeling that you wouldn't be available for it.

J. da Ega disse...

How's that?

Iceberg disse...

You don't stick around enough time to - how shall I put it politely? - develop that idea.

Teresa disse...

(Fuiiii.... Estejam à vontadinha...)

J. da Ega disse...

And I'm leaving now.

Dexter is about to begin and I have to make some popcorns.

Iceberg disse...

É como eu sempre digo: quando chega a hora da verdade, todos têm que ir para casa!!!!!

God speed, my darling!

Teresa disse...

(o tipo é um papa séries ...)

Iceberg disse...

Ele vai mesmo comer Pipocas???????

Teresa disse...

Doces ou salgadas?

J. da Ega disse...

Iceberg,

Guardamos o resto para depois. Apenas para justificar o post da tensão sexual da Wandona.

Teresa, não fique ciumenta. Também pode vir.

J. da Ega disse...

Docinhas. Blogosfera rosa cueca, lembram-se?

Teresa disse...

Posso ir onde? Comer Pipocas?!!!....

Iceberg disse...

O que é que vai justificar o post da Wandona? O resto ou o o ficar para depois?

J. da Ega disse...

Comer o que quiser...

J. da Ega disse...

O resto.

Iceberg disse...

Agora percebo o 'estranha'. É que isto é tudo ao molho e fé em Deus.

Iceberg disse...

Muito bem. Guardemos então o(s) resto(s). Até porque os tempos não estão para desperdicios.

Teresa disse...

J, ao contrário do que pensa o meu paladar é muito delicado e não se satisfaz com qualquer coisa.
(ó Ice, eu aqui venho para comer ou para beber? Já estou a baralhar as mãos...)

Iceberg disse...

(Aqui não sei. No escritório vais para beber. Cá a casa vens para comer. Nesta delicatessen não sei... Olha, faz o que te aprouver e depois conta-me.)

Iceberg disse...

E agora também vou ali ver umas sériezitas que, pelos vistos, é o que está a dar.

Teresa disse...

(vou pedir a lista, espreitar a cozinha e depois decido mas podes estar descansada que terás o relatório asap...)