terça-feira, 16 de novembro de 2010

Pipoco Mais Cagão

Ele já revelou sinais de pouca inteligência. Ele já revelou sinais de fraca cultura. E começo a reparar que o problema dele não é propriamente snobismo. É mesmo caganeira.

9 comentários:

Teresa disse...

Ó pázinha, eu por acaso até acho que vocês são geniais e têm um blog giro que se farta e escrevem muito bem e são profissionais nesta coisa e eu gosto de gente assim mas...- caraças, tem sempre de haver um mas... - nesta coisa do Pipoco estatelaste-te ao comprido e emprenhaste pelos ouvidos, ou pelos olhinhos, o que só mostra como o gaijo é bom... (e não, não estou aqui a defendê-lo por ser meu amigo e gostar dele à farta, é mesmo porque os teus tiros não podiam ter sido mais ao lado)
E agora 'bora lá outra vez fazer mais uns posts sagazes.

Iceberg disse...

Oh Teresinha, tu vais-me desculpar mas (lá está o sacana do mas...) apesar de eu ser amiga do gajo também, que ele é cagão, é!
E irritante... E arrogante... E... E...
Estamos a falar do Pipoco, certo?

Teresa disse...

Fiquei sem perceber um pum... Primeiro adjectivas e só depois tentas pormenorizar... tsss, tsss...
Afinal és amiga de quem? (ui... como eu podia agora escrever uma longa dissertação sobre teus amigos de fatos às riscas...)

J. da Ega disse...

Caríssimas,

Que tal elevarem a discussão a uma luta na lama?

Dizem que faz bem à pele e tudo...

Iceberg disse...

E eu agora podia esperar meia-hora antes de comentar para dar aquela pala de que não estou de olho no mail e que a minha vida não é isto e tudo e tudo e tudo. Mas como ainda tenho que ir ali dar uma volta ao bilhar grande, cá vai:

Não te sabia Dótora de língua portuguesa. E qual é o mal de adjectivar antes de pormenorizar? Até posso dizer que é uma técnica bastante utilizada na literatura. Ide lá ler as 40 páginas da descrição do Ramalhete para ver como é.
(Oh pra mim a cultivar num hate blog! Eu devia estar a ser paga para isto, pá!)
Quanto à tua 'precura'... Pois que sou amiga de muita gente. Mas também é facto público e notório que apesar de eu ser amiga de um FDP (não é o caso, meus queridos autores deste blog, não se entusiasmem já), isso não torna esse FDP num santo. Ou seja, apesar de eu ser amiga de vários cagões (também é facto público e notório que eu gosto de gajos arrogantes. Acho que ficam bem com a minha sobranceria. O que é que eu hei-e fazer?), isso não os torna mais humildes. Eu gosto deles como são. E, sim, até simpatizo com o tal de Pipoco, mas isso não faz dele a Madre Teresa de Calcutá.

Iceberg disse...

Meu caro, J. da Ega, muito lisonjeada fico com esta gota de atenção.

Apenas não sigo o seu conselho (posso apenas falar por mim, quanto à mui prezada Teresa, não sei) porque o meu físico é algo que não deve ser exposto porque não é bonito e eu não quero ofender as córneas dos ilustres leitores deste blog.

Mas adaptando o que diria Marta a Jesus: "Dizei uma só palavra e" retiro-me já.

Iceberg disse...

(Porra, porra, porra que eu da Bíblia não percebo nada. O que Marta dizia afinal é que não digna de que Jesus entrasse na morada dela. E mais não digo que isto já começa a soar estranho até mesmo para este blog!)

Teresa disse...

(E eu também não estou de olho no mail, nem no pc, nem nessas coisas de quem não tem mais que fazer, acreditem que nem preciso, e já cá venho tratar dos Spa ali do da Ega e dos FDP da Iceberg que agora preciso de ir também dar uma volta ao bilhar grande, mas antes disso tenho um reparo urgente a fazer)

Ó Ice, tu e o Padre César já deviam saber, desde a missa do Galo, que liturgia não é a vossa especialidade mas a minha.

Isa disse...

Na mosca! Literalmente :D