terça-feira, 19 de outubro de 2010

Já pensou, Cocó?


Já passou pela cabeça da Cocó que os seus filhos podem, quando forem crescidos, olhar para o blog da mãe e não gostar de ver a sua infância escarrapachada, à mão de qualquer doméstica, tia, primo, avó, tarado, tarada, professor, funcionário das finanças?...

Ou, olhe, melhor ainda, à mão de uma Wanda de Amesterdão, de escrita maldita e colega de outros dois distintos senhores. Um deles até responde pelo nome de Caras de Cu.
.
Já pensou que eles podem não querer as suas fotos em mãos alheias?
.
Já pensou, Cocó?

4 comentários:

SMS disse...

Já pensei, já. E sabe, não me ralei nada com isso. Giro não é? Pois é. Mas a infância deles não está escarrapachada. São apontamentos da infância deles. Nada que os magoe. Nada que chateie ninguém. Nada que ofenda. Nada que agrida. Nada que prejudique. A não ser a si, claro, a quem estas coisas preocupam, chocam, enojam. Nem todos somos iguais. E ainda bem.

Wanda de Amesterdão disse...

Se enoja a mim ou não, é indiferente. A questão é se enojará a eles.

SMS disse...

É uma excelente questão. Depois pergunte-lhes.

sobre a Pipoca mais doce leiam disse...

Cara PMA,
Gosto muito do seu blog. Também eu há uns anos tive um,com piada, como a maioria dos blogs da altura. Hoje, alguns já não existem e outros tornaram-se insuportáveis e arrogantes.
Já que aceita comentários anónimos e às vezes até os publica como posts e há falta de eu ter um blog próprio, deixo aqui um semi-post (se o quiser publicar como seu também tudo bem, não a vou processar anonimamente).
A propósito do post de hoje da Pipoca mais Doce que desanca uma comentadora por esta lhe dizer que é quase imoral a forma como publicita o seu estilo de vida de luxo nesta altura de crise.
O blog da pipoca tinha muita piada hà uns anos: uma miuda que se queixava de ganhar muito pouco e que ia sonhando com viagens e sapatos. Toda a gente se revia.
Mas, de repente, o blog dela passou a ser uma montra das carteiras de marca que tem, das viagens caríssimas que faz, etc e tal.
Só que, curiosamente e não se mais alguem reparou, este salto tão repentino no nivel de vida da Pipoca deu-se quando ela começou a namorar com o actual marido. Um ou dois meses depois de ter anunciado o inicio da relação, Pipoca que nunca tinha passado dos Pirineus, foi a Londres fazer compras e ver musicais. Logo a seguir foi a NYC e partir daí foi um desfilar de fins-de-semana em hoteis de luxo em Portugal e arredores.
E o mesmo se passa com carteiras e sapatos. A Louis Vuitton e as Carolina Herrera sugiram na época pós-marido. A lista de prendas de natal, de anos e até de casamento (!) que ela recebeu mostram todos (e são muitos) artigos de luxo que o agora marido lhe ofertou.
Não me cabe a mim fazer juízos de valor sobre o carácter da PMD, mas não deixa de ser estranha a coincidencia. Eu gostava de saber se ela seria assim tão arrogante e teria uma vida tão luxuosa se não tivesse encontrado o desgraçado que lhe sustenta os luxos.

daqui: http://apipocamaisazeda.blogspot.com/