terça-feira, 12 de outubro de 2010

“Reflexões inconsequentes de quem não tem mais nada para fazer”

Se há coisas que me deixam deveras contente, é perceber que há pessoas com uma elevada consciência de si próprias e dos seus actos. Por vezes, as profundezas do meu ser chegam mesmo a rejubilar de felicidade, ao ter o privilégio de verificar a existência destas pessoas.

Aproveito esta singela posta de pescada ultracongelada em alto mar, para partilhar com a Humanidade que hoje mesmo me senti assim. Fiquei a saber que há alguém que se apresenta de uma forma tão clara e sincera, que as minhas entranhas estremeceram.

Passo a citar: “Reflexões inconsequentes de quem não tem mais nada para fazer”. Imagine até, que há pessoas que têm horas perdidas nestas lides!

É preciso explicar mais alguma coisa? Não pois não…

Se quiserem saber mais, coloquem esta magnífica afirmação no Dr. Google que ele responde.

Por hoje chega, mas fiquem certos de uma coisa: ser sincero e genuíno é chique a valer!

19 comentários:

J. da Ega disse...

Procuro dar sempre o melhor...

Wanda de Amesterdão disse...

Chega just fine. É lógica comercial. Paga-se em função da qualidade do produto. Decerto compreenderá.

Anónimo disse...

Ah a Luna, a gaja que tem a mania que sabe tudo melhor que os outros. Mas é tudo mesmo!

Precisa de um tratamentozinho, isso é que era, mas mesmo assim acho que iria ser muito complicado, porque ela já está num estado avançado, é que a pobre, só diz : "já ando aqui há 6 anos"!!!

Anónimo disse...

Ahahahaha, adorei, adorei, adorei. É que a gaja passa a vida a dizer isso, já ando aqui há 6 anos!!! É mesmo!!!
Vai morrer a dizer isso, ahahahaha.

Tina disse...

Eu até gostava de lho dizer, mas ela tem o blogue vedado a anónimos. Acho que tem medo do que lhe possam dizer.

Cacau disse...

Upa, upa, alguém já se meteu com a menina mais inteligente do planeta. Mas que desocupada que a pequena está. Descobre tudo a safadinha, até estes blogues reles, e depois traz-nos a nós pobres leitores para este antro.
Ai querida, isso não se faz.

Anónimo disse...

É tão triste esta moda dos blogues a dizerem mal... e depois aparecem os ressabiados todos contentinhos a juntarem-se aos tristes e lá vão eles, juntos, dizerem mal dos outros, esses que têm vida (sabe que ela está a procurar a cura contra o cancro, certo? pode ser que ainda seja lhe seja util...)

Anónimo disse...

E depois ela diz que não tem tempo nem liga a estas coisas mas escreve vinte posts sobre o assunto e 1000 comentários tanto lá como aqui. Paxorra.

Anónimo disse...

Ela devia era procurar a cura para a estupidez dela própria, que essa não tem limites. Coisinha mais sem sal. É como comida sem sal essa Luna.

Anónimo disse...

E depois fala em decotes, tão parvinha, ah ah ah. O que ela precisa sei eu, ou melhor do que ela tem falta, de homem, claro. Também qual o homem que, no seu perfeito juízo, iria pegar naquilo.

Tina disse...

Vive à custa de bolsas, uma velha daquelas nunca trabalhou na vida. Acaba uma bolsa, vai logo a fugir chular outra bolsa, trabalhar não é com esses comunas. Querem viver é à custa do estado, isso é que é. Parasitas da sociedade. E depois diz que faz investigação. Não faz é NADA!!!

Anónimo disse...

Passa a vida de blogue em blogue, a cuscar em silêncio, até mete impressão, e depois pensa que as pessoas gostam dela. hehehehehe Então não??? Gostam tanto! E gozam tanto! E riem. Riem muito.

Wanda de Amesterdão disse...

Cara ême, sou orfã desde os 3 meses de idade. Fui educada por lobos. Aprendi a ler com a Rua Sésamo. Perdi a virgindade com um esquimó. Vivo com um neo-nazi norte-americano. Não tive o privilégio de ter a sua "educação irracional". Mas com os meus filhos, europeus cruzados de masai albino, vai ser diferente.

Zé disse...

Está-se sempre a oferecer.

Anónimo disse...

Ela não recebe anónimos porque não quer que as pessoas saibam o que as pessoas pensam dela. O email, ninguém quer o email, as pessoas querem é dizer na frente o que pensam!

Anónimo disse...

Faltam aqui os meus comentários!!!

Anónimo disse...

A Luna tem falta de pau. Mesmo ela só fala nisso, no pau que lhe falta.

Anónimo disse...

"Já ando aqui há 6 anos."

É que é mesmo isso que a tipa diz, LOL!
E acredita piamente que é mesmo mais inteligente que os outros bloggers, é uma triste.

sobre a Pipoca mais doce leiam disse...

Cara PMA,
Gosto muito do seu blog. Também eu há uns anos tive um,com piada, como a maioria dos blogs da altura. Hoje, alguns já não existem e outros tornaram-se insuportáveis e arrogantes.
Já que aceita comentários anónimos e às vezes até os publica como posts e há falta de eu ter um blog próprio, deixo aqui um semi-post (se o quiser publicar como seu também tudo bem, não a vou processar anonimamente).
A propósito do post de hoje da Pipoca mais Doce que desanca uma comentadora por esta lhe dizer que é quase imoral a forma como publicita o seu estilo de vida de luxo nesta altura de crise.
O blog da pipoca tinha muita piada hà uns anos: uma miuda que se queixava de ganhar muito pouco e que ia sonhando com viagens e sapatos. Toda a gente se revia.
Mas, de repente, o blog dela passou a ser uma montra das carteiras de marca que tem, das viagens caríssimas que faz, etc e tal.
Só que, curiosamente e não se mais alguem reparou, este salto tão repentino no nivel de vida da Pipoca deu-se quando ela começou a namorar com o actual marido. Um ou dois meses depois de ter anunciado o inicio da relação, Pipoca que nunca tinha passado dos Pirineus, foi a Londres fazer compras e ver musicais. Logo a seguir foi a NYC e partir daí foi um desfilar de fins-de-semana em hoteis de luxo em Portugal e arredores.
E o mesmo se passa com carteiras e sapatos. A Louis Vuitton e as Carolina Herrera sugiram na época pós-marido. A lista de prendas de natal, de anos e até de casamento (!) que ela recebeu mostram todos (e são muitos) artigos de luxo que o agora marido lhe ofertou.
Não me cabe a mim fazer juízos de valor sobre o carácter da PMD, mas não deixa de ser estranha a coincidencia. Eu gostava de saber se ela seria assim tão arrogante e teria uma vida tão luxuosa se não tivesse encontrado o desgraçado que lhe sustenta os luxos.

daqui: http://apipocamaisazeda.blogspot.com/